Alana Soares - Caderno Cultural
Mais de 600 homens farão segurança interna e externa da Expocrato
Adiretoria do Festival Expocrato e representantes de órgãos públicos divulgaram o plano operacional para o evento, que se inicia neste sábado, 13, no Parque de
date_range10/07/2019 às 14:40

A diretoria do Festival Expocrato e representantes de órgãos públicos divulgaram na manhã de hoje, 10, o plano operacional para o evento, que se inicia neste sábado, 13, e segue até o domingo, 21, em uma mega estrutura montada na área de shows do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, em Crato.

Estiveram presentes os seguintes órgãos: Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Secretaria Municipal de Segurança Pública, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Municipal de Trânsito e Vigilância Sanitária.

Dentro da área de shows serão mais de 300 homens fazendo a segurança interna, podendo chegar a 400 homens nos últimos dias de evento, como também 40 câmeras de vigilância de alta tecnologia funcionando em 360º e uma central de monitoramento. 

“Temos uma grande equipe de segurança capacitada pela Polícia Federal em curso de grandes eventos para que tudo ocorra bem”, ressaltou o diretor do Festival, Marcelo Rocha. Dentro da área também haverá pontos de Emergência Médica, com duas ambulâncias e 55 agentes de enfermagem e pronto-socorro.  

Para garantir a segurança externa do evento, Coronel Marcos Franklin, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará, informou que serão empregados cerca de 150 homens no policiamento ostensivo, distribuídos em dois turnos, atuando a pé, em motos, viaturas e em cavalaria e com uma guarnição extra 24h. 

O delegado da Polícia Civil Luiz Eduardo explicou que a 19º Delegacia Regional de Polícia próximo ao Parque de Exposições estará em plantão com delegado e escrivães. 

O Corpo de Bombeiros também terá atuação no evento. De acordo com o Coronel Agnaldo Viana, serão 10 homens com duas viaturas em diferentes funções. 

A nível de município, 65 agentes da Guarda Municipal se dividiram em turnos manhã (25) e tarde (40) para realizar segurança, assim como 10 agentes de trânsito do Departamento Municipal atuarão pela manhã e outros 15 pela noite, garantindo fluidez e normalidade no trânsito. 

Segundo o diretor do Departamento de Trânsito do Crato, Daniel Aquino, a estimativa é que a frota de veículos - atualmente em 52 mil carros - no município quadruplique durante o evento. Operações de blitz de Lei Seca ocorrerão em diferentes horários e pequenas modificações nas linhas de transporte coletivo intermunicipal acontecerão, seguindo rotas que passam pelo Parque de Exposições. 

O secretário municipal de Segurança Pública, Coronel Jarbas Freire, assegura o acréscimo no efetivo de segurança e policiamento, cobrindo 24h em áreas de grande fluxo de pessoas. “É uma grande operação feita em colaboração com os órgãos de segurança para garantir o bem estar dos visitantes e dos cidadãos. Lembramos também que o público deve ter algumas precauções sobre bens valiosos, estacionamento e, claro, se beber, não dirigir”, afirmou coronel Jarbas.

O Festival Expocrato 2019 acontece de 13 a 21 de julho, no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, no Crato. São mais 50 atrações, entre ícones do sertanejo, forró, samba, pop rock e reggae que se farão mais de 100 horas de shows.

Em paralelo, acontece a 68º edição da Feira Agropecuária homônima, uma das maiores e mais tradicionais do gênero no Brasil, com feiras, leilões, exposições de animais de criação e exóticos, além de manifestações artísticas através da música, artesanato e gastronomia para um público estimado de 500 mil visitantes. 

Sobre
Alana Maria Soares é Jornalista formada pela Universidade Federal do Ceará, campus Cariri. Foi repórter da Cariri Revista e Casa Cariri Revista entre os anos de 2015 e 2018, período onde também desenvolveu publicações especiais. Trabalhou com assessoria para a Mostra Científica do Cariri e Festival Expocrato 2018. É colaboradora no Blog de Altaneira. Atualmente é repórter de Cultura e Cotidiano para o Site Miséria, veículo de maior alcance da região do Cariri e terceiro do Ceará.